Como entrar em contacto comigo

Não há complicação nenhuma: talvez o meu estimado leitor tenha um texto do qual não está completamente orgulhoso, o talvez esteja, mas gostava que estivesse em catalão ou em português, no caso de o ter escrito noutra língua… ou até em espanhol. Às tantas até gostava que estivesse em seis, sete ou oito línguas diferentes para chegar a públicos de todo o mundo. Ótimo! Aqui é onde eu entro em jogo. Só precisa de me enviar um email com toda a calma do mundo, simples, sem preocupações nem compromissos de nenhum tipo. A direção de email é a seguinte:

davidpinheiro@transfactoria.com

Se preferir, também me pode telefonar e rir-se um bocadinho com o meu sotaque espanholado, ou até, veja lá bem, enviar-me um whatsapp, que por alguma razão apregoamos que estamos na era da comunicação! O meu número de telemóvel é este:

(+34) 649 985 853

Seja um email, seja uma chamada, só tem que me indicar alguns detalhes sobre o texto: o tamanho (ou seja, o número exato ou aproximado de palavras), a temática, o formato do documento, a que língua –ou línguas– o quer traduzir, para quando precisa da tradução… E diga-me também alguma coisa de si: se se trata de um particular, se representa uma empresa, uma agência de traduções, uma editorial…

Eu, em menos de 24h, envio-lhe um orçamento detalhado. Quando achar por bem dá-me o seu ok, envia-me o documento (caso ainda não o tenha feito) e isso é tudo!

Quando tiver acabado, e sempre dentro do prazo, envio-lhe a tradução. Consistirá num documento idêntico em todos os aspetos ao original, só que noutra língua. Se a tradução fosse multilingue (se precisasse de traduzir o texto a vários idiomas), eu encarregar-me-ia de reunir a equipa de tradutores e de a gerir, de maneira que isso, para si, seria uma preocupação menos. E se durante a etapa de tradução me parecer que o texto original se pode melhorar em vários aspetos, como correções, elementos que lhe possam conferir exatidão, fluidez e qualidade, digo-lhe, e é o cliente quem decide fazer ou não as mudanças oportunas.

Um aspeto muito importante que deve ter sempre presente é que durante a fase de tradução, revisão ou redação, se precisar de falar comigo para me fazer alguma consulta, propor alterações ao texto… seja o que for, contacte-me! Não pense em momento algum que me incomoda. A grande vantagem de um tradutor autónomo versus uma agência é a sua proximidade, o trato personalizado e a sua capacidade de adaptação às necessidades dos seus clientes. Por isso quero que pense em mim como um sócio, não como um simples prestador de serviços.

Cumprido o trabalho, chega a sua vez: é hora de pagar. Eu envio-lhe uma fatura de acordo com o que tivermos acordado e o cliente dispõe de 30 dias naturais para realizar o pagamento (ou o prazo que porventura tivermos definido). Estes e outros detalhes vêm explicados no orçamento, não se preocupe agora com isso.

…E, algum tempo depois, regressará a mim com mais pedidos de tradução, revisão ou redação que eu farei com todo o gosto! Nesse caso, o melhor é que já me tenha guardado na sua agenda para poder entrar em contacto comigo o mais rápido possível. Veja que até nisto lhe facilito a vida… Vê o código QR aqui em baixo? Se o escanear com o seu telemóvel inteligente, num instante passarei a formar parte da sua rede de contactos profissionais. Até breve!

vCard David Pinheiro
vCard David Pinheiro